segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Bomba e arma falsas :Após 7 horas de sequestro, suspeito de ameaça terrorista se entrega


O homem que fazia um refém desde as 8h30 desta segunda-feira (29/9) acaba de se render. Algemado ao funcionário do hotel, que retirou o colete com os suspotos explosivos, ele apareceu na sacada de um apartamento com as mãos para cima.

De acordo com o delegado Paulo Henrique, que acompanhou as negociações, o suspeito usou uma arma falsa durante o sequestro. Há também a suspeita de que os explosivos usados na ação não sejam verdadeiros.

A Polícia vai encaminhar o suspeito para a 5ª DP (Área Central). O refém, em estado de choque, será levado para o hospital.

De acordo com os negociadores, Jac de Souza Santos, 30 anos, chegou a pedir uma bandeira do Brasil. A polícia acaba de aumentar o perímetro de segurança nas proximidades do local. Agora, as pessoas têm de ficar a 100 metros do local. A distância foi aumentada por três vezes. Começou em 30m e passou para 60m no meio da manhã.

No momento da invasão, havia 300 pessoas no hotel. De acordo com o cozinheiro-chefe, que não quis dizer o nome, o homem teria feito check-in em dois quartos no 10º andar, por volta das 5h desta segunda-feira. Três horas depois, ele teria invadido o primeiro cômodo. Toda a área próxima ao hotel está interditada. O homem bateu nas portas dos quartos e pediu aos hóspedes que deixassem o hotel, pois era uma ameaça terrorista.

Paulo Câmara comenta críticas sobre participação da família de Eduardo na Campanha

Foto: BlogImagem
O candidato ao Governo de Pernambuco pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), concedeu entrevista na manhã desta segunda-feira (29) e comentou as recentes afirmações feitas por seu adversário Armando Monteiro (PTB) sobre a participação da família de Eduardo Campos em sua campanha: “Eles estão desesperados”, disse o socialista.
A entrevista foi dada à rádio JC News. Paulo foi perguntado sobre as declarações de Armando, feitas nesse domingo (28) em municípios da Zona da Mata Sul de Pernambuco. O petebista afirmou que a família do ex-governador, morto no último dia 13 de agosto, iria tutelar a candidatura de Paulo Câmara e que ele vivia nas sombras de Eduardo Campos.
Em resposta, o socialista afirmou: “Nossos adversários têm partido para a ofensiva a todo o momento. Isto é um ato de desespero; eles estão desesperados. É um ato de quem não conhece a ‘boa política'”, disparou o candidato.
A influência de Renata:
Foto: JBatista / Câmara dos Deputados
Foto: JBatista / Câmara dos Deputados
Ainda sobre a participação da família Campos nos rumos do PSB, Paulo Câmara falou sobre a eleição interna para escolher o novo presidente nacional da sigla. Eleição esta que teria sido adiada a pedido de Renata Campos: “externei minha opinião de que era contra essa eleição ser realizado hoje. Renata é uma mulher que sempre teve voz, sempre conversou com Eduardo e agora, sem ele, tem toda a autoridade para expor a sua opinião e seus conselhos”, pontuou Paulo, que concluiu falando que os filhos do ex-governador estão na campanha para ajudá-lo e “para que os sonhos e ideais do pai continuem”.
Paulo Câmara e João Campos. Foto: Aluísio Moreira/PSB
Paulo Câmara e João Campos. Foto: Aluísio Moreira/PSB

Terror no Brasil : Polícia identifica suspeito de terrorismo em hotel na Área Central


O homem que invadiu um quarto do Hotel St. Peter com ameaças terroristas foi identificado pela Polícia Civil. De acordo com o delegado que comanda a operação, Marcelo Fernandes, o nome do suspeito já foi levantado, mas ainda não pode ser divulgado. Ele ressalta a possibilidade de ter grande quantidade de explosivos no local. “Não conseguimos confirmar porque não temos contato visual com ele. Pelo que conseguimos observar, ele está sóbrio, mas divaga nas ideias”, afirma.
No momento da invasão, nesta manhã de segunda-feira (29/9), havia 300 pessoas no hotel. De acordo com o cozinheiro-chefe, que não quis dizer o nome, o homem teria feito check-in em dois quartos no 10º andar, por volta das 5h desta segunda-feira. Três horas depois, ele teria invadido o primeiro cômodo. Toda a área próxima ao hotel está interditada. O homem bateu nas portas dos quartos e pediu aos hóspedes que deixassem o hotel, pois era uma ameaça terrorista. 

O mensageiro do hotel é feito de refém e está vestido com um colete carregado supostamente com dinamites. A todo o momento, o suspeito de terrorismo aparece na varanda de um quarto no 13º andar com a arma apontada para o refém. Segundo informações, o suspeito seria Secretário Municipal de Agricultura de Combinado/ TO. Em 2009, tentou um concurso para oficial da Polícia Militar, mas foi reprovado. Nas negociações com a polícia, não pede dinheiro, fala mais em questões políticas. 

Pronatec oferecido pelo IFSERTÃO-PE certificou 150 alunos em Araripina


O IFSERTÃO-PE, por meio do Campus Ouricuri, em parceria com o  Poder Executivo Municipal de Araripina realizaram, ontem (25), na Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão a entrega dos 150 certificados de conclusão dos cursos Agente de Alimentação Escolar, Libras Básico, Cuidador Infantil, Promotor de Vendas e Agente de Gestão de Resíduos Sólidos ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Estiveram presentes na solenidade de formatura o diretor do Campus Ouricuri, professor Jean Carlos, a coordenadora do Pronatec pelo IFSERTÃO-PE, Juliana Cantalino, os professores Lidiana Coelho, Washington Coriolano e Fábia Lins, a supervisora dos cursos, Fabiana Lins, o apoio acadêmico, Samuel Lins, e secretária de Desenvolvimento Social de Araripina, Fernanda Ramos, e da coordenadora municipal do Programa de Acesso ao Mundo do Trabalho, Iza Mônica. Também houveram apresentações dos alunos do curso de Libras. A cerimônia marcou a primeira turma formada pelo Campus Ouricuri na cidade.

O diretor do Campus Ouricuri, professor Jean Carlos,  ressaltou as dificuldades que os alunos venceram para poder conquistar o certificado. “ É duro acordar aos sábados e domingos bem cedo, depois de uma semana inteira de trabalho. Quem é casado poderia estar com sua família e com o seu cônjuge e quem é solteiro poderia estar namorando e vocês vieram com muita vontade buscar a qualificação. Vocês estão de parabéns”, falou o professor Jean.

O diretor também lembrou a missão do IFSERTÃO-PE. “Temos campi em Ouricuri, Salgueiro, Floresta, Petrolina, Serra Talhada, Santa Maria da Boa Vista, mas viemos para desenvolver e reforçar a educação em todo o Sertão de Pernambuco e temos qualificado a população dos municípios sertanejos com os cursos do Pronatec”, disse Jean Carlos.

A coordenadora do Pronatec pelo IFSERTÃO-PE, professora Juliana Cantalino, incentivou os concluintes a continuarem estudando e se capacitando. “ Espero que essa formação tenha deixado vocês com o gostinho de quero mais e que vale a pena investir na educação”, ressaltou Juliana

A secretária de Desenvolvimento Social de Araripina, Fernanda Ramos, ressaltou a parceria entre o IFSERTÃO-PE e a Prefeitura de Araripina. “ É muito importante para o município dar oportunidade para transformar a vida dos estudantes por meio da educação e espero que possamos fazer mais parcerias e trazer mais cursos de qualificação para município”, disse a secretária.

Concluinte  em Agente de Alimentação Escolar, Lucélia Eugênia, afirmou que as aulas ministradas pela professora Lidiana Coelho foi muito útil para a carreira e para a saúde dela. “ Perdi 5 quilos e comecei a me alimentar melhor. Foi muito gratificante ter participado desse curso e agora vou colocar em prática o que aprendi”, contou a estudante.

Texto Felipe Piauilino
Fotos Lídio Parente

Nação 40 invade nascente em uma grande manifestação popular de apoio a Roberta Arraes


Na noite do último sábado, o distrito de Nascente ficou pequeno para o grande número de populares que participaram de uma das maiores manifestações de apoio político aos candidatos do PSB. A nação 40 literalmente invadiu o distrito para manifestar apoio à candidatura de Roberta Arraes para deputada estadual. Inclusive, a candidatura de Roberta Arraes cresce a cada dia dando a certeza da grande vitória no dia 05 de outubro, resgatando com isso a cadeira do Araripe na Assembleia Legislativa.
A concentração da nação 40 começou no final da tarde no distrito de Gergelim, de onde saiu em uma grande carreata com destino a Nascente, percorrendo várias ruas e recebendo o carinho e o apoio do povo que quer o bem de Araripina e da região do Araripe.
Em praça pública aconteceu um grande comício que contou com a participação do vereador João Dias e de várias lideranças de Nascente que apoiam a candidata a deputada estadual Roberta Arraes e os candidatos do 40 – Marina (presidente); Paulo (governador); Fernando Bezerra Coelho (Senador) e Creuza Pereira (deputada federal).
O prefeito Alexandre Arraes (PSB), líder do grupo político, fez um discurso bastante aplaudido pela população presente. Na oportunidade, citou o legado político e as ações deixadas em Nascente pelo saudoso governador Eduardo Campos. Também enumerou as importantes obras que o distrito vem recebendo graças ao trabalho competente e sério da administração municipal. E fez um desafio à oposição para dizer em praça pública e para o povo o que foi que fizeram durante 12 anos de mandato.Roberta Arraes não escondeu a sua emoção e sobretudo a satisfação de ver que a cada dia o povo demonstra carinho e alegria com a sua candidatura. Roberta agradeceu a grande manifestação popular e também lembrou que a sua trajetória política e a indicação para ser candidata a deputada estadual partiu do saudoso governador Eduardo Campos. “Estamos fazendo uma campanha linda e por onde passamos recebemos o carinho e a confiança do povo. Não vou decepcionar, serei a voz do Araripe na Assembleia Legislativa”, disse a candidata a deputada estadual.
Blog Martinho Filho

Paulo Câmara lança programa de governo na quarta-feira



O candidato do PSB ao Palácio do Campo das Princesas, Paulo Câmara, anunciou que vai lançar o programa de governo na próxima quarta-feira (1º). A divulgação desse documento ocorre a apenas três dias das eleições. O candidato havia prometido, inicialmente, lançar o texto até o dia 5 de setembro, algo que não ocorreu, mesmo ele tendo afirmado, na ocasião, que o material estava “praticamente pronto”
De acordo com a assessoria, o programa de governo não havia sido fechado, porque a Frente Popular ainda estava em processo de escutas da sociedade. A nova data, que agora deve ser definitiva, foi repassada pelo candidato neste domingo (28)  após uma caminhada pelo Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Ainda não foi definido hora, local nem formato de como será o evento.

Inicialmente o PSB havia planejado fazer um evento de grande porte, algo que não está plenamente descartado. De certo, apenas, que o lançamento será feito dois dias após a visita da candidata à Presidência da República pelo PSB, Marina Silva. A socialista, ex-verde, chega ao estado na segunda-feira (29). Ela segue primeiramente para Caruaru, no Agreste, onde participa de um comício no fim da tarde. Em seguinda, ela vem para o Recife, onde também está previsto um comício, que deve ocorrer no bairro do Recife Antigo.(DP)

Edir Macedo doa R$ 10 milhões ao PT e manda Record atacar Marina Silva em seus telejornais

Dilma Rousseff e Edir Macedo durante inauguração do "Templo de Salomão".

Quase 3 horas no “Templo de Salomão” –inaugurado no último dia 31 de julho– ao lado do bispo Edir Macedo parece ter rendido cifras milionárias para a candidata Dilma Rousseff e seu partido. Pelo menos é isso que informa jornalista Jorge Ferrão, do site “Alerta Total”, que relata a doação de R$ 10 milhões do dono da Rede Record e líder da igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, para a campanha à reeleição de Dilma.
De acordo com o jornalista, a doação teria acontecido antes da inauguração do mega templo, como forma de garantir a presença da presidenta no evento.
“Exibindo a vistosa e comprida barba branca – semelhante a dos rabinos ortodoxos de Israel -, o Bispo Edir Macedo Bezerra, líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus, celebrou ontem o resultado político de uma generosa doação de R$ 10 milhões de reais para a campanha releeitoral do PT. Na inauguração da suntuosa réplica do Templo do Rei Salomão, no bairro paulistano do Braz, Macedo teve a honra de posar ao lado da Presidenta Dilma Rousseff, mostrando força para seletos 10 mil convidados VIPs, entre governadores, prefeitos, senadores, deputados, ministros de tribunais superiores, desembargadores, juízes e artistas – principalmente da Rede Record, da qual Macedo é “proprietário”, escreveu o jornalista.
Após a polêmica que se espalhou por vários sites especializados em política, a assessoria de imprensa da Igreja Universal emitiu uma nota desmentindo a doação.
“Circula na Internet a informação mentirosa de que o bispo Edir Macedo teria doado R$ 10 milhões à campanha de reeleição da presidenta Dilma Roussef, atribuída a origem a este blog (Alerta Total).
Não bastasse a mentira, o texto ainda carrega no odioso preconceito e na chacota gratuita com a fé de milhões de adeptos da fé cristã. Tenta diminuir o momento extraordinário e histórico que vivemos na inauguração oficial do Templo de Salomão, prestigiada pelos mandatários dos mais elevados cargos públicos de nosso país, por líderes empresariais e representantes sociedade civil.
Exigimos a imediata remoção do texto e a publicação de retificação, sem embargo das medidas judiciais que poderão ser adotadas.
Atenciosamente,
UNIcom – Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal”
Apenas para esclarecimentos, Dilma, ao ser questionada em 2010, em sabatina realizada pela “Folha de S. Paulo”, se acreditava em Deus, tentou se esquivar para não perder votos, mas não conseguiu esconder sua incredulidade religiosa. Diante disso, como explicar sua aproximação com o Bispo Edir Macedo?
                       
                                  

A informação que chega de dentro do departamento de jornalismo da Rede Record neste domingo (21/09), é de que está na hora de atacar a candidata que aparece em segundo lugar nas pesquisas, Marina Silva, para impedir um segundo turno nas eleições. Marina aparece como preferida dos eleitores em todas as pesquisas de 2º turno divulgadas pelos Institutos Ibope e Datafolha durante os últimos dois meses de campanha eleitoral.
“A ordem aqui no jornalismo é aumentar as notícias positivas sobre a Dilma [Rousseff] e aumentar as notícias negativas sobre Marina [Silva]. Se o PT sair do comando, a Record perderá boa parte da verba publicitária do governo, assim como não terá mais isenção de impostos como se tem hoje. Seria o início do fim. A Igreja não conseguiria manter a emissora.”, conta o funcionário da Record que pediu para não ser identificado.
A notícia se espalhou por vários portais especializados em política e pelas redes sociais neste fim de semana.
Foto: Reprodução

Pesquisa indica Dilma à frente de Marina pela primeira vez no segundo turno

Faltando menos de dez dias para a eleição presidencial, a última pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira, apontou uma novidade no cenário eleitoral: pela primeira vez, Dilma Rousseff (47%) apareceu numericamente à frente de Marina Silva (43%) nas intenções de voto para o segundo turno


Crédito: AFP

O resultado ainda indica um empate técnico, mas no limite máximo da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistadas 11.474 pessoas em 402 municípios, entre os dias 25 e 26 de setembro.
Desde 16 de agosto, quando Marina apareceu como candidata do PSB após a morte de Eduardo Campos, Datafolha e Ibope – os dois principais institutos de pesquisa do país – fizeram 11 pesquisas simulando a corrida presidencial (seis do Datafolha e cinco do Ibope). Em dez delas, Marina Silva aparecia à frente de Dilma Rousseff na simulação do segundo turno ou então em empate técnico.
A maior vantagem já registrada havia sido na pesquisa Datafolha de 29 de agosto, quando Marina liderava a simulação contra a presidente por 50% a 40%.
Para o cientista político Ricardo Ismael, da PUC-Rio, três fatores explicam a reversão do cenário eleitoral no segundo turno, com a vantagem de Dilma sobre Marina.
"Em primeiro lugar, nas últimas semanas, Marina vem sendo bastante atacada tanto por Dilma quanto por Aécio, o que lhe causou perda de votos, especialmente para a petista. Além disso, Dilma tem maior tempo de propaganda na TV e também muito maior força nos palanques estaduais do que a ex-senadora", enumera Ismael.
Na simulação de votos do Datafolha desta sexta para o primeiro turno, Dilma Rousseff dobrou a vantagem sobre Marina. A petista aparece agora com 40% (subiu três pontos percentuais), Marina Silva tem 27% (caiu três pontos percentuais) e Aécio Neves, 18% (subiu um ponto percentual).
O primeiro turno das eleições acontece no dia 5 de outubro. Um eventual segundo turno seria realizado no dia 26 do mesmo mês. O quadro mostra a evolução das intenções de voto de Marina Silva e Dilma Rousseff em simulações de segundo turno entre elas, segundo o Datafolha.
18/829/83/910/919/926/9
Marina47%50%48%47%46%43%
Dilma43%40%41%43%44%47%

Vantagem

Segundo Ismael, a reversão do cenário eleitoral no segundo turno, com Dilma à frente de Marina nas duas principais pesquisas de intenção de voto, pode ser explicada em grande parte pelos ataques sofridos pela ex-senadora.
"Nas últimas semanas, Marina vem sendo mais atacada, inclusive por Aécio, que, no afã de talvez conseguir um lugar no segundo turno, elevou o tom críticas à candidata do PSB. No entanto, esses votos acabaram não migrando para o tucano e, sim, para Dilma", avalia o cientista político.
"Dilma também tem mais tempo na TV para sua propaganda política do que Marina, o que não só lhe permite defender-se das acusações de outros candidatos quanto atacar sua principal adversária, a candidata do PSB", acrescenta.
"Além disso, a petista tem maior força nos palanques estaduais. No Ceará, por exemplo, ela conta com o apoio tanto do PMDB quanto do PT. Já Marina precisa de uma mobilização maior da sociedade para ser vista. No Rio de Janeiro, por exemplo, ela só conta com o apoio de Romário, que tenta a reeleição ao Senado pelo PSB."
Na avaliação do cientista política, a partir de agora o cenário para o segundo turno tende a se consolidar entre Dilma e Marina. Ele também prevê que Aécio Neves, do PSDB, passe a atacar menos a ex-senadora.
"Acredito que a diferença entre as duas (Marina e Dilma) deva se estabilizar a partir de agora. Por outro lado, o candidato do PSDB deve voltar sua artilharia contra a petista, dado que não vai para o segundo turno", afirma o cientista político.
"Nesse sentido, Aécio deve começar a ensaiar uma construção de uma aliança com Marina, já que, se continuar a atacar a ex-senadora, a oposição pode perder as eleições."

Oposição quer convocar Palocci para depor na CPI da Petrobras


Novas denúncias envolvendo a Petrobras, alvo de duas CPIs no Congresso, tumultuaram a campanha neste fim de semana. O ex-diretor de Abastecimento da estatal Paulo Roberto Costa teria afirmado, em depoimento sob condição de delação premiada aos investigadores da Operação Lava-Jato, que o ex-ministro Antonio Palocci pediu a ele R$ 2 milhões para o caixa da campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff nas eleições de 2010. Paralelamente, documentos internos da estatal mostram que um subordinado de Paulo Roberto desviou R$ 57,4 milhões no ano eleitoral de 2008, sendo demitido apenas depois que o chefe deixou o cargo. A oposição promete pedir ao menos duas convocações na CPI nesta semana e requerer cópias de documentos. A base aliada se irritou. A própria presidente Dilma classificou a acusação de “factoide” às vésperas da eleição.

No depoimento que presta ao Ministério Público e à Polícia Federal, Paulo Roberto Costa teria dito que foi procurado por Palocci há quatro anos a fim de obter uma doação para a campanha do PT. Ele repassou o caso ao doleiro Alberto Youssef, um dos quatro pivôs da Lava-Jato. O dinheiro foi pago? “Aparentemente, sim”, afirmou Costa, segundo a revista Veja, porque não foi mais procurado pelo ex-ministro.

Neste fim de semana, também veio à tona o resultado de uma sindicância interna da Petrobras que constatou que um subordinado do ex-diretor, o então gerente de Comunicação de Abastecimento Corporativo Geovane de Morais, desviou milhões de reais em 2008. Mas ele só foi demitido por justa causa no ano passado, quando Paulo Roberto Costa não integrava mais a empresa. Para se defender, Geovane foi à Justiça do Trabalho e afirmou que apenas cumpria ordens de “escalões superiores” para atender políticos em campanha eleitoral, segundo noticiou a revista Época.

Para o líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), os dois casos merecem atenção e providências da CPI. “São menções de coisas inacreditáveis que contaminam o governo”, afirmou ele ao Correio ontem. Agripino defendeu que Geovane de Morais seja convocado pela CPI. “Impõe-se a convocação dessa figura. Espero que ele fale, reafirme isso e aponte os nomes dos políticos.”

O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PR), pedirá amanhã a convocação de Palocci para depor na CPI, se possível, ainda nesta semana, quando a comissão deveria suspender os trabalhos por causa da proximidade das eleições. Se não for possível, ele tentará marcar o depoimento para 8 de outubro, quando também falará a ex-contadora de Youssef, Meire Poza. Bueno, no entanto, teme o esvaziamento da comissão. “A CPI do Cachoeira foi empastelada quando chegou à campanha de Dilma em 2010, às doações de empreiteiras e de empresas fantasmas.”

Candidato de Campos caminha para vencer no 1º turno em Pernambuco, na maior virada eleitoral de 2014


Datafolha Pernambuco 1º
A uma semana da disputa, confirma-se a virada espetacular em Pernambuco. Até 13 de agosto, dia em que caiu o avião de Eduardo Campos, Armando Monteiro, do PTB, que disputa o governo com o apoio do PT, vencia a disputa no primeiro turno: tinha 47% dos votos, contra apenas 13% de Paulo Câmara, do PSB. Se a eleição fosse hoje, o eleito no primeiro turno seria Câmara, com 43%. Monteiro teria 34%. Os demais candidatos somam 2%. Votariam em branco ou anulariam 8%; dizem-se indecisos 12%. Na hipótese de um segundo turno, o peessebista chegaria à frente com 46%, contra 39% do adversário. Monteiro deve ser derrotado na disputa que era considerada, talvez, a mais certa de todas — e era a seu favor. Destino.

Datafolha Pernambuco 2º

Por Reinaldo Azevedo